19
Thu, Oct
8 New Articles

Sem categoria

Passaram-se 250 anos desde a construção da Capela de Nossa Senhora das Dores e se as paredes falassem teriam, certamente, muitas histórias para contar. Entre perdidos e achados, O Notícias da Trofa encontrou Joaquim Dias da Costa, que em outros tempos deu corda aos sinos que se fizeram ouvir do alto da torre da Capela. Aos 79 anos, Joaquim Dias da Costa viajou no tempo e voltou à infância, em que já andava ligado aos sinos ainda que, por essa altura, não fossem os da Capela da Senhora das Dores. “Já desde os oito ou nove anos que tocava na Igreja Matriz e, passados muitos anos, já eu era casado, quando vim para a Capela”, recordou Joaquim Costa. Auxiliado por umas simples cordas, Joaquim Dias da Costa tocou durante cerca de quatro décadas os três sinos do alto da Capela de Nossa Senhora das Dores, que em dia de festa tinham “um toque especial e tocavam durante todo o percurso da procissão”. “Quando passava a Senhora das Dores tocava tipo as Avés Marias para as pessoas deitarem as flores e o fogueteiro dar a girândola”, recordou o sineiro. Em dia de festa de Nossa Senhora das Dores, o sino tocava às 9 horas, ao meio dia e perto das 20 horas. “Tocava por amor à causa, porque gostava de tocar e por devoção. Nunca recebi um tostão”, afirmou Joaquim Dias da Costa. Não fazia disto profissão, mas o gosto pelos sinos levou-o durante cerca de 40 anos a tocar os da Capela de Nossa Senhora das Dores até ao ano de 2012.
Uma arte que se prolonga no tempo e se faz ouvir no alto de cada capela ou igreja para que o som chegue o mais longe possível. Normalmente, os sinos são de bronze e em forma de campânula e produzem som quando percutidos com o badalo, com o intuito de advertir os cristãos para os principais acontecimentos da comunidade local, em alguns casos, tal como explicou Joaquim Dias da Costa, com melodias especiais. Dotados de uma linguagem convencional, os toques vão das simples badaladas, ao dobrar, toque picado, encadeado ou repicado, que é dos mais festivos. Uma melodia que só alguns dominam e que outros já só guardam na memória.

1ª Pagina

Videos TrofaTV em destaque

Siga-nos no facebook

» Farmácia de serviço na Trofa