13
Wed, Dec
10 New Articles

O ciclismo foi dos desportos que mais rapidamente captou a atenção da sociedade no Grande Porto e ganhou bastantes adeptos, sendo comum as provas de ciclismo ao estilo de uma etapa da Volta a Portugal, sendo divididos os corredores pelas categorias de fracos ou fortes, desconhecendo os critérios usados para essa classificação.
A 29 de junho de 1913 estava prevista a realização de uma corrida de bicicletas a ligar a Trofa à Maia e entre os corredores do escalão dos fortes estavam inseridos: Camilo Sá Júnior, Américo da Silva e Sá, Mário da Costa Azevedo, Joaquim Pereira Couto, Joaquim Costa Ferreira, José Maria Machado, José Augusto Fernandes, Joaquim Ferreira Maia, Manoel Moreira, Júlio Lima e, por último, Adão R. Oliveira. A sua partida estava prevista para as cinco horas.
Na segunda categoria, a dos fracos, concorriam os seguintes participantes com diferentes bicicletas: Abílio da Costa Couto, Armindo Costa Azevedo, Ernesto Costa Azevedo, António Pereira Magalhães, Abílio Souza Reis, Manoel Costa Reis, Adriano Augusto Fernandes, Aires Gonçalves da Costa e Manoel da Costa Maia.
O apoio médico para a os atletas era destacado na imprensa nacional, como sendo realizado pelo conceituado farmacêutico, Sr. Barreto, que colocava o seu saber para salvaguardar a saúde dos atletas.
Os prémios eram bastante aliciantes, para os fortes: o primeiro prémio era uma medalha de ouro e um relógio de punho, o segundo classificado recebia uma medalha de prata e um objeto de escritório, enquanto para o último lugar do pódio era uma medalha de cobre e uma cigarreira de prata e, por fim, no 4.º lugar o último corredor premiado, um objeto oferecido pela D. Maria Albino.
Relativamente aos prémios para a categoria dos fracos: o primeiro classificado recebia uma medalha de prata e uma boquilha de madrepérola, o segundo tinha como recompensa um prémio oferecido pelos Sr. Silva e Irmãos, proprietários da Padaria Trofense e, por fim, para o terceiro classificado um prémio oferecido pelo Sr. Manoel Ferreira Lima.
Relativamente ao local onde começou a prova será sempre uma incógnita, porque não existem mais informações sobre a competição, nem o resultado, poderá ter sido esta a primeira prova desportiva organizada na Trofa, com vários trofenses a competir entre si para conquistar os mais valiosos prémios.

Facebook: josepedroreishistoriador

1 - Corrida de bicyletas da Trofa à Maia” O Comércio do Porto, Junho 27, 1913

O recinto das Piscinas Municipais de Ribeirão recebeu, no domingo 9 de julho, o 2.º Raid Trilhos do Ave, que juntou “221” participantes nas vertentes de raid e passeio. A iniciativa realizou-se pelas ruas de Ribeirão,Vilarinho das Cambas e Fradelos, num total de 32 quilómetros.
Pedro Costa (Mouquim/Afa Cycles/Eugénios/Bargauto) venceu no escalão masculino, Fernando Martins (Irmandade/Dias Alumínios) conquistou o 2.º lugar e Domingos Ferreira (Fly Btt Gcra) o 3.º lugar do pódio. No escalão feminino a vitória foi para Isa Silva (Fly Btt Gcra), seguida de Maria Silva (Brigada do Pedal) e de Célia Costa (Bottagaz). A medalha de ouro no escalão paraciclista foi para Júlio Costa (Maximus Team/Braga).
A iniciativa foi organizada pela equipa Feitos pro Monte/Only Bike’s/Reflexo de Ideia, com a colaboração da Junta de Freguesia de Ribeirão e da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão. O valor das inscrições reverteu a favor dos Bombeiros Voluntários Famalicenses e da Escolinha de Rugby da Trofa.

O colectivo Scott Bradlee´s Postmodern Jukebox subiu ao palco do Coliseu do Porto a 12 de abril.

O grupo nova –iorquino formado pelo pianista e compositor Scott Bradlee, um sucesso do canal de Youtube desde 2013, cujos vídeos se tornaram virais, trouxe à Invicta um espetáculo recheado de novas interpretações de canções que poderiam ter sido escritas para artistas intemporais.

Um espetáculo verdadeiramente divertido, com acústicos adaptados aos estilos Jazz, Ragtime e Swing, como covers de Miley Cyrus, Wham!, Radiohead  entre outros. 

 

1ª Pagina

Videos TrofaTV em destaque

 

Siga-nos no facebook

» Farmácia de serviço na Trofa