19
Thu, Oct
8 New Articles

Edição 639

Entrevista a Jaime Moreira, candidato do PSD/CDS-PP à freguesia do Coronado

 

Jaime Moreira candidata-se à freguesia do Coronado, por acreditar que o seu projeto a fará crescer com qualidade, segurança e de forma consistente.

 

O Notícias da Trofa (NT): O que o leva a candidatar-se à freguesia do Coronado?
Jaime Moreira (JM): Candidato-me por acreditar que o nosso projeto para as freguesias de S. Romão e S. Mamede as fará crescer. Crescer com qualidade, com segurança e de forma consistente.
Reuni uma equipa em quem confio, porque é preciso mudar o Coronado. Apresento-me com um projeto que reflete os principais anseios da população e acredito que vamos conseguir iniciar um novo ciclo em S. Romão e S. Mamede.

NT: Quais são os projetos que apresenta para o mandato?
JM: Vamos garantir que, efetivamente, se cumpram os deveres da Junta de Freguesia na defesa e proteção das populações de S. Romão e S. Mamede. Iremos apoiar idosos, famílias e crianças, iremos limpar ruas e jardins, assegurar a segurança viária através da construção de passeios e repavimentação de todas as ruas em terra. É ainda nosso objetivo reativar os parques desportivos das freguesias, construir Parques Infantis, requalificar a Quinta de São Romão oferecendo um espaço de lazer à Vila do Coronado. Vamos ainda criar um gabinete de ação social, uma loja social, um gabinete de apoio à juventude e promover uma política de apoio e promoção ao comércio local.
Porque queremos trabalhar pa-ra que a nossa Vila do Coronado conquiste o lugar a que tem direito.

NT: Qual o projeto/área priori-tário(a) caso seja eleito?
JM: As políticas sociais são a nossa prioridade. Vamos apoiar os idosos carenciados disponibilizando uma carrinha de transporte que os conduza ao centro de saúde; criaremos uma linha telefónica de apoio ao idoso. Para as famílias teremos um Gabinete de Ação Social que estará disponível para apoiar, informar e orientar; uma Loja Social capaz de responder às famílias carenciadas com a recolha e atribuição de bens de primeira necessidade. Para os jovens criaremos o Gabinete de Apoio à Juventude e as crianças carenciadas poderão contar com o nosso apoio através de, por exemplo, a distribuição de um lanche nas escolas.

NT: Quais as principais carências da freguesia?
JM: As carências são de ordem diversa e têm comprometido a qualidade de vida e o futuro dos que vivem em S. Romão e S. Mamede. A Vila do Coronado estagnou, o comércio atravessa grandes dificuldades e frágeis acessibilidades comprometem o desenvolvimento das freguesias.

NT: Considera importante que a Câmara e a Junta de Freguesia sejam governadas pelo mesmo partido político? Porquê?
JM: É desejável um bom entendimento entre a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia. Mas acima dos partidos e das cores políticas tem de estar sempre o superior interesse da população. No meu caso, será um privilégio e uma vantagem poder trabalhar proximamente com Sérgio Humberto, que tem dado provas e para quem a política ao serviço do outro é o mais importante.
NT: Quais as obras que considera mais urgentes serem realizadas pela Câmara Municipal?
JM: Será uma grande alegria, passado 18 anos, termos finalmente os nossos Paços do Concelho que dignificarão todos os Trofenses. Naturalmente, as acessibilidades são uma prioridade. A concretização da Linha de Metro e a execução da circular à Trofa têm de ser uma realidade.

NT: Como avalia a evolução da freguesia ao longo dos 18 anos do Município da Trofa?
JM: As freguesias estagnaram ao longo dos anos. Hoje, ainda não temos acessibilidades condignas, há uma solidão dos idosos, o apoio social é insuficiente, os jovens e as famílias não têm condições atrativas para se fixarem no Coronado. E isto não é compatível com a visão de futuro que queremos e merecemos.
Acredito que o projeto que apresento será a resposta a todos estes problemas. É preciso mudar em nome do progresso, do futuro e da dignidade de todos.

1ª Pagina

Videos TrofaTV em destaque

Siga-nos no facebook

» Farmácia de serviço na Trofa