22
Fri, Sep
32 New Articles

Edição 598

“Tivemos muitas forças contrárias à criação do concelho da Trofa, desde o Presidente da República de então. Tudo isto culmina num dia glorioso para nós, trofenses, e, a partir daí, há todas aquelas iniciativas de instalação da Câmara”. Adélio Serra recordou o dia 19 de novembro de 1998, durante o almoço da Comissão Promotora do Concelho da Trofa, que se realizou 18 anos depois num restaurante em Santiago de Bougado. Esta é uma tradição que os elementos da Comissão Promotora mantêm, anualmente, com o objetivo de reviver a luta pela criação do Município da Trofa e, este ano não foi exceção. O serão contou com a visita de um grupo de amigos que prestou uma homenagem à Comissão Promotora com três músicas, assim como do executivo camarário e da presidente da Assembleia Municipal, Isabel Cruz, que lhes prestou um reconhecimento, com a entrega de uma lembrança.
Durante “quase 12 anos”, relembrou Adélio Serra, a Comissão Promotora “lutou todas as semanas em reuniões sucessivas para dar corpo àquilo que era o objetivo principal: a criação do concelho da Trofa”. “Nós não tínhamos nada. Foi começar do zero em todos os aspetos”, frisou, afirmando que, 18 anos depois, sentem-se “orgulhosos” por terem sido “fiéis aos ideais que os nortearam nas reuniões que se fizeram nesse sentido até hoje”.
Adélio Serra lamentou que tenha havido “muita gente que, vaidosamente quis sacar os benefícios de tanto esforço em seu favor”, mencionando que a Comissão Promotora “fez tudo sem pensar noutra coisa que não o concelho da Trofa”, sendo que “nenhum elemento tirou, individualmente, qualquer proveito” disso. Apesar de terem sido “quase 12 anos” a “lutar, sacrificando noites e gastando o seu dinheiro”, Adélio tem a certeza que os elementos sentem-se “realmente felizes por verificar que o concelho da Trofa continua, e há de continuar, eterno e fez vergar muita gente que não entendia o esforço da nossa luta, nem o objetivo principal dela”. “Viva ao concelho da Trofa”, terminou.

 

A Trofa atingiu a maioridade, obrigada Comissão Promotora

Salve Concelho da Trofa
Orgulho dos filhos que teus
Esta terra hoje nossa.
Um Beijo dado por Deus

Nossa Senhora das Dores
De quem o povo tanto gosta
Cobrir-te há de louvores
Nosso Concelho da Trofa

No Ano de 98
Após muita Paciência
A Dezanove de Novembro
Foi proclamada a independência!

Nunca mais vamos esquecer
Essa tão bonita hora!
E queremos agradecer
À comissão promotora

Guidóes e Terras de Bougado,
Covelas, Muro e Alvarelhos.
E a Vila do Coronado
Lutaram pelos mesmos anseios
Lutaram com abnegação
Por esse sonho tão velho,
Hoje têm a consolação,
A Trofa já é Concelho!!

A Trofa me serviu de berço
Eu fico contente com isso
Também no meu endereço
Deixou de entrar Santo Tirso

A Trofa não vos quer mal
O passado já lá vai
Mas era a altura ideal
De a filha deixar o pai

E os nossos antepassados
Que pela causa lutaram
Deixo aqui o meu louvor
Perseguidos e maltratados
Estão agora bem guardados
Junto ao nosso Redentor

1ª Pagina

Videos TrofaTV em destaque

Siga-nos no facebook

» Farmácia de serviço na Trofa