24
Sun, Sep
26 New Articles

Desporto

O Vitória de Setúbal qualificou-se para a quarta ronda da Taça de Portugal de futebol, ao vencer na visita ao Trofense, por 4-2 nas grandes penalidades, depois de um ‘nulo’ no tempo regulamentar e no prolongamento.

Num encontro jogado praticamente todo no meio-campo e com pouquíssimas oportunidades, houve mais Trofense na primeira parte e melhor Vitória de Setúbal na segunda.

Thiago Santana ameaçou a baliza da formação anfitriã, nono na serie B do Campeonato de Portugal, aos três minutos, mas depois foi preciso esperar até aos 41 para voltar a ver os setubalenses em ação. Vasco Costa rematou de frente para a baliza mas Kádu estava atento.

Pelo meio, André Geraldes quase fazia autogolo aos 13 minutos, Carter cabeceou por cima (20) e Ricardo Fernandes, com um livre forte e bem colocado, obrigou Trigueira a esticar-se (37).

Na segunda parte o Vitória de Setúbal, que na I Liga segue em 12.º lugar, despertou finalmente para o jogo e passou a dominar o encontro falhando no último terço do terreno onde o Trofense montou uma autêntica ‘muralha’.

A equipa de José Couceiro rondava a baliza nortenha, criava perigo e por duas vezes ficou a reclamar grande penalidade mas Rui Costa não teve igual opinião: mão de Cléber (aos 56 minutos) e empurrão de Anthony sobre Thiago Santana (64).

Aos 80 minutos, Kádu brilhou e evitou o golo dos setubalenses com um voo que levou a bola à barra da baliza após remate de João Amaral.

Incapazes de desfazer o nó as duas equipas levaram a contenda a prolongamento, momento no qual disputaram muito a bola mas ‘encaixaram-se' por completo, tornado inevitável o desempate por grandes penalidades que sorriu aos setubalenses, graças a duas defesas de Trigueira.

 

Fonte: Lusa

1ª Pagina

Videos TrofaTV em destaque

Siga-nos no facebook

» Farmácia de serviço na Trofa